InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-seCalendárioFAQ
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
O SSD sempre prioriza o RPG de verdade com boa descrição de fatos e o livre arbítrio da jogatina, sem restrições de seu player ser um fumante passivo ou homossexual, não importa, no On game vale tudo desde que se tenha a boa consciência de que toda ação gera reação. Nada é de graça, se você quer tomar uma bebida gelada, roupas bonitas e novas, respeito moradia de bom descanso e privacidade etc deverá manter-se financeiramente, ou poderá contar com a ajuda mínima do santuário que sede repúblicas roupas e suprimentos básicos, mas com a intensidade dos treinos dificilmente tratará uma fratura exposta com tala e um pouco de gelo. Entenda que isso é completamente On game e todos os detalhes serão importantes.
A história se passa uma geração após a clássica. Por início desta temporada ON apenas os cavaleiros de bronze se apresentam a deusa Athena e como o sistema de jogo ele pode buscar aprimoramento e subir de hierarquia ON game. Ou seja, isso é um jogo e no jogo você deve conquistar a experiência necessária para ter poder e uma boa gama de subterfúgios. O mundo novamente entra em colapso com o passar de novos acontecimentos (Leia o prólogo), e é inevitável confrontos divinos em busca do poder da terra considerada ponto chave da conquista.

Últimos assuntos
» Já era o jogo?
Sab Jun 04, 2016 4:26 pm por Draco

» [Parceria] RPG AnimesPlus - Naruto Hajime
Sex Mar 11, 2016 4:59 pm por Melkor

» Parceria entre Fóruns
Ter Mar 01, 2016 8:06 pm por Nash

» Controle de Reserva
Seg Fev 15, 2016 2:56 pm por Donquixote Doflamingo

» Duvidas e sugestões
Seg Fev 15, 2016 2:47 pm por Eileen de Gêmeos

» [Ficha de Personagem ] Faon de Fornalha
Dom Fev 14, 2016 12:31 pm por Azos

» Pórtico do vilarejo
Sab Fev 13, 2016 7:14 pm por Acrísio de Andrômeda

» Taberna Noturna
Sab Fev 13, 2016 2:15 am por Diego Kaminari

» [Ficha de Personagem] Ius - Armadura de Unicórnio (em construção)
Sex Fev 12, 2016 8:26 pm por Ius


Compartilhe | 
 

 4° Prisão Pântano das Trevas - IV

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM Geral
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens : 91
Data de inscrição : 15/11/2011

MensagemAssunto: 4° Prisão Pântano das Trevas - IV   Sex Dez 16, 2011 4:52 pm

Pântano das Trevas: Os condenados cheios de ódio afogam-se uns aos outros.

Prisão guardada pelo Espectro de Lycaon.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://saintseiyadinastia.forumeiros.com
Lucian de Lycaon
Aprendiz
Aprendiz
avatar

Mensagens : 52
Data de inscrição : 26/11/2012

MensagemAssunto: Re: 4° Prisão Pântano das Trevas - IV   Qua Dez 05, 2012 1:22 pm



Ao longo da surpefície escura e gélida do lago do Pântano das Trevas, corruptos, prostitutuas, ladrões e fascínoras se confundem num emaranhado de braços e grunhidos que afundam-se uns aos outros. Ocasionalmente, sustentados pela massa de água negra, uns passam a boiar como pesos mortos, ao tempo em que outros retornam e logo voltam a afogar o infeliz mais próximo. O ciclo então se mantém perpetuamente.

Longe dali, além da lama, do lodo e dos insetos ignóbeis nascidos do ventre do inferno, do odor fétido das almas odiosas que se empenham no exercício eterno de matar o próximo na água poluída do pântano, um som perturbador quebra o silêncio em pedaços, em estalos repetitivos e constantes. No decorrer da trajetória, uma rota vertebrada por ossos e membros decepados alinha-se num caminho certo para o medo. Que infeliz teria a intrepidez ou a burrice de segui-lo?

A rota estende-se por entre as brenhas e suas árvores demoníacas, que com suas raízes ancestrais varam a relva tépida, até alcançar colunas de pedra que sustêm uma estrutura rudimentar comparada a um antigo templo grego, porém terrível e de aparência abandonada, marcado por rastros negros e vermelhos, como a fumaça que tinge as paredes e o corpo morto e ensaguentado que tinge o piso.

Uma figura espectral e fantasmagórica jaz no mais do interior agachada, de costas para a entrada. À sua frente, uma fogueira que dispensa lareiras, com sua luz abrasadora e ampla, projeta a sombra do ser de cócoras por todo o recinto. Agora, de perto, podia-se perceber que o som irritante de antes vinha dali, dele.

Ao seu lado, contrapondo-se a todo o esquema até então descrito, repousa uma garrafa de vinho chianti, um tipo mais suave. Voltando à criatura que sustenta-se sobre seus calcanhares, algo curioso. Um, dois, três... Três braços? Um rastro de esperança na alma dos mais inocentes ou um último impulso neuro-sensorial de seus cérebros, concluiriam, por tentativa derradeira de conforto e alento, ser aquela figura um portador de deformidade, nascido com três braços, o pobre. Esse raro segundo de ignorância, ou inocência, chamem como quiser, seria logo seguido pelo choque de realidade que, um dia, mais cedo ou no mais tardar, a todos atinge (atingiu, atingirá).

Aquele estava mesmo a comer, e comia gente.

Lucian Staniak, o canibal mais novo da era moderna, também conhecido como O Demônio da Varsóvia, delicia-se, solitário e feliz, em sua casa, num banquete de gentes. Trata-se também do Espectro de Lycaon. Logo, teria trabalho a fazer, enquanto isso, porém, comeria.


- Hum... hum... Vadias gostosas... hum... Agora eu... hum... entendo este termo...

A chama escarlate ainda ilumina a tempo de vê-lo lamber os beiços.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
4° Prisão Pântano das Trevas - IV
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Fic: Rosário + Vampire : O Segredo das Trevas
» Elemento Secundário - Enton (Trevas)
» Trevas
» Torneio das Trevas
» Trama do Lord das Trevas e Seus Comensais

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Saint Seiya Dinastia :: 4° Prisão-
Ir para: