InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-seCalendárioFAQ
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
O SSD sempre prioriza o RPG de verdade com boa descrição de fatos e o livre arbítrio da jogatina, sem restrições de seu player ser um fumante passivo ou homossexual, não importa, no On game vale tudo desde que se tenha a boa consciência de que toda ação gera reação. Nada é de graça, se você quer tomar uma bebida gelada, roupas bonitas e novas, respeito moradia de bom descanso e privacidade etc deverá manter-se financeiramente, ou poderá contar com a ajuda mínima do santuário que sede repúblicas roupas e suprimentos básicos, mas com a intensidade dos treinos dificilmente tratará uma fratura exposta com tala e um pouco de gelo. Entenda que isso é completamente On game e todos os detalhes serão importantes.
A história se passa uma geração após a clássica. Por início desta temporada ON apenas os cavaleiros de bronze se apresentam a deusa Athena e como o sistema de jogo ele pode buscar aprimoramento e subir de hierarquia ON game. Ou seja, isso é um jogo e no jogo você deve conquistar a experiência necessária para ter poder e uma boa gama de subterfúgios. O mundo novamente entra em colapso com o passar de novos acontecimentos (Leia o prólogo), e é inevitável confrontos divinos em busca do poder da terra considerada ponto chave da conquista.

Últimos assuntos
» Já era o jogo?
Sab Jun 04, 2016 4:26 pm por Draco

» [Parceria] RPG AnimesPlus - Naruto Hajime
Sex Mar 11, 2016 4:59 pm por Melkor

» Parceria entre Fóruns
Ter Mar 01, 2016 8:06 pm por Nash

» Controle de Reserva
Seg Fev 15, 2016 2:56 pm por Donquixote Doflamingo

» Duvidas e sugestões
Seg Fev 15, 2016 2:47 pm por Eileen de Gêmeos

» [Ficha de Personagem ] Faon de Fornalha
Dom Fev 14, 2016 12:31 pm por Azos

» Pórtico do vilarejo
Sab Fev 13, 2016 7:14 pm por Acrísio de Andrômeda

» Taberna Noturna
Sab Fev 13, 2016 2:15 am por Diego Kaminari

» [Ficha de Personagem] Ius - Armadura de Unicórnio (em construção)
Sex Fev 12, 2016 8:26 pm por Ius


Compartilhe | 
 

 Pórtico do vilarejo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ragnarok de Pégaso
Amazona de Bronze
Amazona de Bronze


Mensagens : 237
Data de inscrição : 01/11/2012
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Pórtico do vilarejo   Ter Fev 09, 2016 1:24 pm

 


Citação :
 
Em um vilarejo, onde as pessoas trabalhavam em mercadorias alimentícias, objetos, presentes, entre outras coisas, Ragnarök conseguia ver os rostos das pessoas. A alegria, as risadas... Muitas crianças correndo, brincando, fazendo barulho. Ragnarök observava, enquanto caminhava, carregando a urna nas coisas. Logo, repentinamente, uma garotinha tropeça e começa a chorar. Ragnarök se ajoelhou e fez um cafuné na cabeça da garotinha.
 
[ Ragnarök ] – Garotinha... Não chore... Você é um anjo. Quero ve-la com um sorriso angelical, é saudável para nós.
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Storyteller
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 207
Data de inscrição : 08/01/2012

MensagemAssunto: Re: Pórtico do vilarejo   Ter Fev 09, 2016 2:06 pm


O sol é quente e abrasador, o sopro do vento ao leste é abafado e sufocante, os pedregulhos que dão forma aos monumentos e ruas parecem flambar, a amazona de Pégaso estava a perambular aparentemente afim de observar e conhecer as redondezas do santuário, gentilmente foi até uma garotinha com cerca de 9 anos com cabelos negros como manto crepuscular e olhos amendoados que estava a chorar compulsivamente após tropeçar entre as próprias pernas..
Ragnarok se aproximou e proferiu algumas palavras..



[ Ragnarök ] – Garotinha... Não chore... Você é um anjo. Quero ve-la com um sorriso angelical, é saudável para nós.



A garota estava sem jeito e um pouco constrangida e em soluços menores cada vez mais abriu um sorriso de lábios fechados.

Obrigada, você foi gentil, e tem um cheiro bom..

A menina suspirou com os olhos fechados e tirou uma flor que tinha em seu cabelo esticando na direção oferecendo a Ragnarok como espécie de agradecimento..


Parece nova na região, o que é essa caixa nas  suas costas?  Você engraxa sapatos? Qual seu nome? Quer ser minha mãe? Por que você não tem peito? 

A garotinha descarrilhou uma pilha de perguntas em cima da amazona de Pégaso, afoita e ainda com lágrimas que mal secaram nos olhos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ragnarok de Pégaso
Amazona de Bronze
Amazona de Bronze


Mensagens : 237
Data de inscrição : 01/11/2012
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Pórtico do vilarejo   Ter Fev 09, 2016 6:44 pm

 




Ragnarök ficou sem entender o comportamento da garota. Sorriu gentilmente para a pequena, enxugou seu rosto com um pano e fez o cafuné de uma forma carinhosa em seus cabelos.
 

[ Ragnarök ] – Pequena, acho que você está enganada... Hummm... Olhou para todos os lados, pareciam que estão em silêncio, voltou a olhar para a garotinha.Estranho... Opa! Os meus peitos é uma área particular ! E essa caixa? Tem uma armadura dentro, uma espécie de fantasia com que os soldados se vestem... Enfim, você não tem seus pais? Se quiser me acompanhar, prometo que irei protege-la e cuidarei-a.
 

Ragnarök sorriu, fez mais uma vez o cafuné na garotinha. Ainda é ingênua sem perceber no que está acontecendo ao seu redor.






Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Storyteller
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 207
Data de inscrição : 08/01/2012

MensagemAssunto: Re: Pórtico do vilarejo   Qua Fev 10, 2016 7:54 pm

A garota recebeu o cafuné e ainda sorridente de forma repentina abriu os olhos e correu desesperadamente na direção de um homem de idade média, cabelos negros olhos azuis boa estatura com roupas simples seguindo o tradicional daquele vilarejo, a garotinha abraçou-o pela cintura e gritava compulsivamente a ponto de deslocar atenção total a eles.
[Garotinha]Paiii Paiiii, a moça da caixa vai casar com você, ela até falou que vai me levar junto pra trabalhar, ela tem uma fantasia igual a mamãe tinha!!





O homem sorriu e passou a mão por os cabelos de sua filha, um pouco sem jeito olhou para Ragnarok e começou a falar com sua filha
[Pai]Meu amor você está bem? Papai estava de longe observando e viu você tropeçar, hmm, já da pra ver que foi só um susto, mas não, querida, ela é uma amazona de Athena, uma guerreira muito corajosa que defende a toda a terra e muito em especial a nós do vilarejo, temos que sempre respeita-los e agradece-los são verdadeiros heróis, e com certeza a tal fantasia dela não é igual a da mamãe, fique calma está bem..
Direcionando agora suas palavras para a amazona em um timbre ainda sem jeito e desajeitado..
[Pai]Desculpe por minha filha, ela é muito impetuosa e por vezes ela acaba trocando os pés pelas mãos, até literalmente
O homem da uma leve risada em tom de fazer um trocadilho com a filha ter tropeçado...
[Pai] É sempre bom ver que cavaleiros estão chegando, principalmente uma tão cheirosa bonita e gentil..a propósito sou dono de uma mercearia aqui no vilarejo meu nome...
A garotinha começa a gritar de forma ensurdecedora novamente mas agora apontando para um ser extremamente alto e forte que vinha naquela direção..
[Garotinha]Papai Papai, outra amazona mas essa tem peitões 


A aparição do Doutrinador de ossos

___________________________________________________

Se tratava de Acrísio de Andrômeda, a garotinha era muito nova e por isso não o conhecia, Acrísio já tinha um leve conhecimento por o vilarejo principalmente por em um caso em específico que ele massacrou a cabeça de dois homens ao mesmo tempo e por isso quando ela proferiu aquelas palavras que poderiam soar ofensivas o pai desesperadamente se jogou no chão de joelhos suplicando muito menos antes de olhar qualquer detalhe se não o tamanho e imposição de Acrísio..
[Pai]Senhor, por favor, ela não sabe o que disse...tome leve o que tenho mas nos preserve, sei quem é você, o senhor é Acrísio o Doutrinador de ossos..
O homem permaneceu de joelhos e retirou tudo que tinha dos bolsos, uma saco de couro com cerca de 200 moedas, as mãos trêmulas faziam as moedas jorrarem no chão. A rua que estava com seu movimento tradicional começou a de forma repentina se esvaziar rapidamente...







_________

Neste caso não importa a ordem do player que postar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Acrísio de Andrômeda
Cavaleiro de Bronze
Cavaleiro de Bronze
avatar

Mensagens : 5
Data de inscrição : 07/02/2016

MensagemAssunto: Re: Pórtico do vilarejo   Qua Fev 10, 2016 8:18 pm

A visão do vilarejo de Rodório batia um tanto quanto nostálgico, as ruas e vielas estavam do jeito que eram quando deixou o local. Subia a escada observando tudo a sua volta, lembrando dos detalhes, dos sons, das construções e da cara de assustado da maioria dos moradores.

Subindo a rua que chegaria a estalagem dos cavaleiros de bronze podia ver uma amazona também com uma caixa das costas, parecia uma caixa de pandora das armaduras de bronze. Mas antes de poder saber mais ele escutou uma criança inocentemente fazendo comentários a seu respeito. Provavelmente seu pai não percebeu o sorriso no rosto de Acrísio, pôs o medo o fez suplicar por sua vida e a da menina.

O grandalhão se aproximou segurou as mãos do homem e o ajudou a ficar de pé soltando-o logo em seguida.

Calma senhor, não lhe quero mal algum. Sua filha só fez uma comparação inocente. Claro que ainda deve ensinar para ela a diferença entre homem e mulher, isso pode criar problemas no futuro para você quando ela estiver namorando.

Com um sorriso ele terminou a piada para descontrair o clima ruim, se ajoelhou, ainda na frente do pai, e olhou para a menina com um braço esticado para baixo e outro apoiado no joelho.

Meu nome é Acrísio, cavaleiro de bronze portador da armadura de Andrômeda. Qual o seu nome menina?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ragnarok de Pégaso
Amazona de Bronze
Amazona de Bronze


Mensagens : 237
Data de inscrição : 01/11/2012
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Pórtico do vilarejo   Sex Fev 12, 2016 7:55 pm




Ragnarök se ateve a apenas olhar a situação, estava pronta para agir se preciso,  o aldeão se jogou no chão desesperadamente entregando tudo de sí, e fazendo referências pesadas quanto ao caráter daquele ser, ela observava aquele homem grande e musculoso,  mas parecia que a diferença entre o tamanho dos dois cavaleiros era tão absurda em virtude da nacionalidade japonesa e sua baixa estatura que tirava a concentração a ponto de Ragnarok não perceber a armadura de Acrísio, parecia uma espécie de titã dos tempos modernos, os traços eram brutos e apenas conseguia pensar como derrubaria esse tanque.

Mas quanto antes, o cavaleiro se identificou e prestou a devida apresentação aquele aldeão e sua pequena filha confusa, fora um alivio por parte da amazona que agora pode notar que tinha um poderoso aliado muito próximo de si, melhor dizendo, tudo estava confuso para Ragnarok, era uma cultura muito diferente da qual acostumada e foi pega de surpresa por fatos tão intrigantes.
Ragnarok preferiu então se manter calma e ler melhor a situação do que se expor, inclusive de muito lhe seria serventia saber mais sobre o aldeão, quem sabe ele não poderia lhe ajudar, afinal estava procurando o abrigo dos cavaleiros de bronze, ou ainda mais quem sabe se aquele gigante não já saberia o lugar exato, o fato preponderante é que Ragnarok estava ansiosa para começar suas atividades e treinamentos como amazona e ali era o início de sua jornada.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Storyteller
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 207
Data de inscrição : 08/01/2012

MensagemAssunto: Re: Pórtico do vilarejo   Sex Fev 12, 2016 8:18 pm




A garotinha ainda ficara com muito receio daquele homem, a ponto de voltar os olhos encherem de água, embora ele tenha feito suas boas referências ela não conseguia entender ao certo, ao que parece seu pai tinha acabado de lhe ensinar sobre os cavaleiros, e aquele homem era quase meio metro maior que seu próprio pai. O pai por sua vez em virtude da menina agarrar em suas calças e não responder nada ficou encabulado, e então pode se levantar um pouco cético mas visivelmente aliviado, guardando seu saquinho de moedas novamente em sua cintura. 




Senhor, me desculpe mas há muitos rumores sobre o senhor, e tudo que aconteceu na época...
Balançando a cabeça negativamente...
Não..Não é hora disso...perdoe minha grosseria..O senhor é um cavaleiro e estou muito contente de estar aqui conosco, a propósito o nome da minha filha é Ícara, e eu sou Cássius dono na mercearia do vilarejo, posso adiantar que todos nós do vilarejo estamos ansiosos para receber quantos cavaleiros de bronze forem necessário, foi uma honra termos sidos escolhidos o vilarejo para recepciona-los, somos simples e humildes mas vamos fazer nosso máximo, inclusive deixo a disposição quando quiserem me procurar posso tentar lhe ser útil e veja só senhor você é não é o único, essa moça aqui é a amazona de Pégaso, aparentemente acabara de chegar no vilarejo também...
____________
Apontando para a amazona de Pégaso que revela suas características físicas:
Citação :
Aparência: 
Os cabelos são meios curtos, cheios replicados com os tons pedaços pretos azulados. Os olhos são azuis claros, com traços que parecia uma criança inocente que demonstra uma expressão ingênua. O seu corpo tem poucas cicatrizes ao devido de queimadura por causa acidente; pode parecer um homem, na realidade é uma mulher. Tem cara de quinze anos, mas a idade engana e a aparência também. O seu corpo parecia ter uns quinze anos também, mesmo os bustos são escondidos sem revelar. Por causa a armadura que encobre tudo as cicatrizes e os bustos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Acrísio de Andrômeda
Cavaleiro de Bronze
Cavaleiro de Bronze
avatar

Mensagens : 5
Data de inscrição : 07/02/2016

MensagemAssunto: Re: Pórtico do vilarejo   Sab Fev 13, 2016 7:14 pm

Acrísio levantou e deu uma pequena e amistosa gargalhada. Em seguida sua cara fechou, não intimidava o homem, mas suas palavras saíram bem sérias e com uma feição de irritado.

Aqueles moleques arruaceiros precisavam de um corretivo, viviam caçoando todos só porque andavam juntos, me pegaram em um mal dia sorte que minha mestra se não não sairiam mancando e sem ar e sim chegariam sangrando ao hospital.

Mas depois disso parece que aquietaram mais e é assim que espero que todos os arruaceiros pensem muito bem antes de fazerem algo, pois se eu descobrir terão que se resolver comigo.


Depois do discurso o gigante voltou a sua feição mais carismática e se dirigiu ao pai da menina novamente.

Agradeço a sua bondade em colocar a sua mercearia a nossa disposição, assim que eu estiver propriamente instalado passarei lá para conhecer. Muito obrigado.

Assim se despediu da pequena família e se dirigiu a amazona.

Nossa tão pequena, magra e sem muitos atributos quantos anos deve ter? uns 12 ou 14?

Depois de observá-la de cima a baixo e encenar um sorriso de canto de boca começou a puxar assunto.

Bom dia menina vejo que somos irmãos de armas certo? Qual o seu nome querida? Estou a caminho do alojamento dos cavaleiros de bronze gostaria de me acompanhar?

Os olhos de Acrísio se mantinham fixos na jovem menina de cabelos negros e olhos azuis.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Pórtico do vilarejo   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Pórtico do vilarejo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» avaliem meu mapa
» Lista de Emprego - St. Claire & Vilarejo de St. Claire
» Estábulos do Vilarejo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Saint Seiya Dinastia :: Vilarejo do santuário-
Ir para: